Escárnio.

Segundo Houaiss,

1. o que é feito ou dito com intenção de provocar riso ou hilariedade acerca de alguém ou algo; caçoada, troça, zombaria
2. atitude ou manifestação ostensiva de desdém, de menosprezo, por vezes indignada
Ex.: olhou com e. para os eleitores que o vaiavam
3. aquilo que é objeto de desdém, ironia ou sarcasmo
Ex.: seu discurso de adesão ao governo foi um e.
Etimologia
orig. contrv.; a tradição considera der. de escarnir; sobre o esp. escarnio e o port. escárnio, afirma Corominas “subst. de formação singular”, talvez de uma f. germânica irmã do a. -al.ant. skern, b.-al. antigo scern; admite estar mal explicada a vogal -a do rad., sugerindo, na falta de outras razões para postular um germ. *skarn-, contaminação de algum outro voc. ora de orig. românica (como, por ex., descarnar), ora do germ. (entre outras, o b.-al. médio scharn, o esc. antigo skarn); f. hist. sXIII escarno, sXIV escarnio.

Segundo Priberam,

(derivação regressiva de escarnir)
s. m.
1. Atitude ou dito que fazem pouco de algo ou de alguém, provocando manifestamente o riso. = MOFA, MOTEJO, TROÇA, ZOMBARIA
2. Atitude de desconsideração por algo ou por alguém. = DESACATO, DESDÉM, DESPREZO, MENOSPREZO
3. Aquilo que é objeto de troça.

Segundo Michaelis,

s. m.

(der regressiva de escarnir)

1. Zombaria, mofa, menosprezo.
2. Galhofa ofensiva. Var: escarne, escarnecimento, escarnicação.

Segundo Caldas Aulete,

s. m.

Zombaria, mofa, menosprezo: Este pregão dado a horas mortas e numa praça deserta parecia um escárnio. (Herc.) || Fazer escárnio, zombar. || Cantiga de escárnio e maldizer. V. cantiga. || F. Ital. Scherno.

No inglês, mockery.

Segundo Oxford,

Pronunciation: /ˈmɒk(ə)ri/

noun (plural mockeries)

[mass noun]

teasing and contemptuous language or behaviour directed at a particular person or thing:stung by her mockery, Frankie hung his head

[in singular] an absurd misrepresentation or imitation of something:after a mockery of a trial in London, he was executed

archaic ludicrously futile action:in her bitterness she felt that all rejoicing was mockery.

No espanhol, burla.

Segundo Real Acedemia Española,

(Del lat. *burrŭla, de burrae, -ārum ‘necedades, bagatelas’).

1. f. Acción, ademán o palabras con que se procura poner en ridículo a alguien o algo.

2. f. chanza.

3. f. engaño.

4. f. pl. Bromas o mentiras. U. en contraposición a veras. De burlas. Decir o hablar entre burlas y veras. Mezclar burlas con veras.

Segundo Matanza,